25 de nov de 2011

Carajás – I Feira de Ciências do Gavião-real


Aluno observao o livro Harpia (João Rosa) Atentamente
O "Programa de Conservação do Gavião-real" do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) iniciou suas atividades de pesquisa em 1997 após a descoberta do primeiro ninho de gavião-real Harpia harpyja numa floresta de terra-firme, região próxima a Manaus. Em Carajás, o Programa atua desde a descoberta de um ninho em atividade na Floresta Nacional de Carajás ( próximo ao acampamento de águas-claras), uma das seis áreas protegidas do Mosaico de Unidades de Conservação de Carajás. Atualmente, em Carajás, são monitorados três ninhos pela equipe do Programa, além das freqüentes atividades de Educação Ambiental desenvolvidas em conjunto com o Centro de Educação Ambiental de Parauapebas - CEAP e Universidades.


No último dia 10 de Novembro o Programa esteve na vila Paulo Fonteles, Zona Rural de Parauapebas – PA, onde se realizou a "I Mostra de Ciências do Programa de Conservação do Gavião Real em Carajás". A mostra envolveu alunos de três diferentes comunidades, todas localizadas em área de entorno ao mosaico e próximas à ninhos de Harpia. Tendo em vista que ações de Educação Ambiental serão importantes para a diminuição da pressão antrópica que estas comunidades exercem sobre Mosaico, são consideradas áreas de atuação estratégicas pelo Programa.
A feira aconteceu na Escola Municipal Monteiro Lobato, onde a equipe do Programa juntamente com a Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA e os Jovens Ambientalistas (CEAP) estiveram durante todo o dia. Realizaram sessões de cinema, palestras e atividades lúdicas de educação ambientação com toda a comunidade, em especial os alunos das Escolas Municipais Gonçalves Dias e Jorge Amado, além dos da escola sede. O tema do evento foi “Sexualidade na Adolescência”, que foi abordado em palestras e exposições montadas pelos alunos em uma discussão participativa. Após as apresentações dos trabalhos, foram premiados com medalhas 10 alunos destaques por escolas. Além disso, foram realizados diversos sorteios de brindes. O sucesso da ação foi garantido pelo grande envolvimento das comunidades.
Agradecemos especialmente à comunidade da Vila Paulo Fonteles pela recepção e  empenho. Às equipes de professores das escolas que participantes e a todos que contribuíram para que tal evento acontecesse. À UFRA, ao CEAP, à Coordenação do Centro Universitário de Parauapebas – CEUP, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio - Carajás, a Prefeitura Municipal de Parauapebas – PA e à empresa Vale. 


Por: Programa de Conservação do Gavião-real